"Meus textos são como o pão do Egito, a noite passa sobre eles e já não podes mais comê-los" (Rumi)

terça-feira, 4 de julho de 2017

A PROPAGANDA e os discípulos de Goebbels...

"Somos máquinas de sobrevivência, automatas programados às cegas com a finalidade de preservar as egoístas moléculas conhecidas com o nome de gens..."
Richard Dawkins

Apesar de nosso cotidiano ser um circo publicitário e um festival de propagandas e de campanhas cretinas para isto e para aquilo, procurando antes de tudo vender, mas também domesticar, doutrinar, "corrigir" a moral e os costumes etc, as noticias do cotidiano demonstram que toda essa parafernália milionária não tem servido para nada. Vejam as estatísticas dos estupros, por exemplo. Dos homicídios. Das surras em mulheres e em crianças. Dos assaltos em residências. Do uso de Crack. Da venda de produtos estragados. Do uso de peixeiras. Do banho de veneno nos pimentões. Do uso de camisinhas. Do consumo de colesterol. Da economia de água e de energia. Da qualidade das escolas. Da pureza da cocaína. Da briga entre torcedores. Do uso do cerol. Da crença no além. Da pedofilia. Da zoofilia. Da barberagem no volante. E por falar em volante, só nesta semana, por exemplo, a policia daqui registrou mais de 300 sujeitos dirigindo bêbados. Literalmente bêbados, babando nos joelhos. Muitos em carros de 200 cavalos, propriedade da mamãe, outros em suas próprias caminhonetes com motores de caminhão e etc... Achar que isto é apenas irresponsabilidade desses motoristas é um simplismo de ignorantes. É importante compreender a importância do álcool no psiquismo desses sujeitos, levar em conta as teorias que estão lá no livro do Richard Dawkins: O gene egoísta e também o quanto o automóvel pode estar sendo usado velhacamente por eles como um instrumento para viabilizar algum homicídio ou até mesmo para dissimular o suicídio... 
Ao invés do Estado seguir com a lenga-lenga inútil de que álcool e volante não combinam, ao invés de seguir com essa idiotice insalubre do bafômetro, e dos professores de publicidade continuarem obsessivamente citando  a Joseph Goebbels em suas prédicas (como exemplo de um gênio da propaganda de massas), seria bem mais econômico e pragmático começar a construir rodovias de uso restrito para aqueles que estão com a carteira vencida e para aqueles que "acham um barato" dirigir cheirados ou embriagados... 

6 comentários:

  1. http://veja.abril.com.br/saude/champagne-rosa-a-nova-droga-usada-entre-os-jovens/

    ResponderExcluir
  2. http://veja.abril.com.br/economia/cnh-vencida-podera-ser-usada-como-documento-de-identificacao/

    ResponderExcluir
  3. Falando em volante:

    http://blogs.uai.com.br/olhaso/2017/07/05/idosa-confunde-pedais-e-cai-com-carro-em-piscina-de-resort/

    ResponderExcluir
  4. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/07/07/interna_cidadesdf,607939/roubo-a-residencia-e-estupro-foram-os-crimes-que-mais-cresceram-no-df.shtml

    ResponderExcluir
  5. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2017/07/10/interna_cidadesdf,608362/homens-sao-presos-por-dirigir-bebados-e-na-contramao-no-setor-comercia.shtml

    ResponderExcluir
  6. http://blogs.correiobraziliense.com.br/brenofortes/425-ouca-justica-da-30-dias-para-apple-interromper-propaganda-enganosa-no-brasil-e-muito-mais/

    ResponderExcluir